O que é CDN e porque todo site deveria usar

CDN é uma abreviação de Content Delivery Network (meio que uma rede de fornecimento de conteúdo em português). Serve basicamente pra distribuir arquivos estáticos (como fotos, arquivos css, javascript, xml, flash, etc) de forma mais rápida e deixar com que o servidor web se preocupe apenas em servir o .html, enquanto a CDN replica os arquivos por uma rede de servidores distribuída pelo mundo todo.

Existem 5 grandes vantagens de se usar CDN.

1 – Carregamento simultâneo de mais arquivos.
Os browsers em média abrem até 4 conexões simultâneas pra cada domínio. Normalmente, as pessoas criam um subdominio pra servir os arquivos estáticos como cdn.dominio.com ou static.dominio.com e com isso, o navegador passa a fazer 8 conexões simultâneas pra carregar os arquivos do servidor.

2 – Ping mais rápido
As CDNs, replicam o conteúdo pelo mundo todo. Mesmo se seu servidor estiver no Brasil, se alguém na Europa ver o seu site, por exemplo, ao invés do usuário acessar os arquivos estáticos aqui no Brasil, vai baixar de um dos servidores da CDN que está mais próximo, lá na Europa mesmo. A Akamai, uma das empresas pioneiras nisso, tem milhares de servidores espalhados no mundo todo.

3 – Arquivos reduzidos dinamicamente
Algumas CDNs como o pagespeed do Google ou o CloudFlare, possuem funções pra minificar arquivos. Ou seja, retirar comentários, quebras de linha e espaços em branco de CSS e Javascript. Também é possível diminuir o tamanho das imagens (quase) sem perder qualidade. O pagespeed é mestre nisso.

4 – Alívio pro seu servidor
Ao invés do seu servidor web ter que ser preocupar em servir uma página por completo (seja ele Apache, IIS, Nginx ou seja lá o que for), agora ele vai ter que se preocupar em servir somente em gerar e servir o html. O número de processos abertos pelo servidor pode cair em mais de 90%.

5 – Custo baixo
O preço de uma CDN hoje é muito barato, Rackspace e Amazon cobram cerca de U$0.15 por gigabyte transferido. Mas existem CDNs gratuitas como o próprio pagespeed do Google ou o CloudFlare.