Sobre o bug de vazamento de memória do Firefox

Eu uso Firefox como browser default desde 2005 quando a Mozilla Foundation lançou a versão 1.5 do navegador, que na época tinha como principal rival o Internet Explorer 6, da Microsoft, que chegou a atingir 99% do market share mundial dois anos atrás, em 2003.

A ideia do navegador aceitar extensões desenvolvidas por qualquer programador fez o Firefox crescer rápido até que em 2006, a Microsoft que havia decidido não mexer mais em seu browser, anunciou que iria trabalhar numa nova versão do navegador, o Internet Explorer 7. A Mozilla comemorou esse dia afinal, se eles chegaram ao ponto de incomodar a gigante Microsoft, significava que eles estavam indo muito bem, mandaram até um bolo pra eles.

Com as extensões, muitas possibilidades foram agregadas no browser, aplicações que mandavam email de forma mais simples ou que possibilitavam pausar downloads diretamente do navegador ou então baixava vídeos do Youtube e já convertia o .flv pra uma extensão diferente, entre outras que usamos até hoje como o Firebug, Web Developer Toolbar, HTML Validator, etc.

Só que todas essas novas features tiveram um peso: a memória RAM, que vaza até hoje como água na peneira enquanto usamos o Firefox. Veio a versão 2 que prometia resolver isso e #fail, veio a versão 3, 3.5, 4, 4.1, 5, 6 e 7 (entre outras intermediárias) e todas também levaram um big #fail quando o assunto é gerenciamento de Memória RAM. Veio então o Google Chrome há alguns anos atrás, que também possibilitava múltiplas abas e centenas de extensões, imaginávamos outro problema de RAM, mas nada disso, fizeram um bom trabalho.

E como funciona o gerenciamento de memória do Firefox?

É mais ou menos assim:

Como funciona o gerenciamento de memória do Firefox

E o que dá pra fazer?

Muitas pessoas estão “migrando” pro Chrome mas apesar disso, pra mim, o Firefox ainda é o melhor navegador pra desenvolvedor de interface.

Desinstalar extensões que não usamos muito, pode aliviar um pouco. E existe uma extensão também chamada “Memory Restart” que avisa quantos megas (ou gigas) o Firefox está usando, e quando começa a crescer muito, a extensão avisa que está na hora de reiniciar o browser.

De resto, só podemos aguardar a Mozilla Foundation melhorar o principal produto dela, dizem que no Firefox 8 vai estar melhor (assim como falavam no Firefox 2). Até lá, o Firefox continua assim:

Gerenciador de Tarefas do Windows com Firefox usando 1.3 gigas de RAM

2 thoughts on “Sobre o bug de vazamento de memória do Firefox

  1. Fala e Danilão, blz rapaz? :)

    Qual versão do Fx vc esta usando?

    Tenho acompanhado mais de perto o desenvolvimento do Core do Fx (o repositório dos códigos mesmo) e vi que o pessoal esta realmente ajustando muita coisa nele, até por que, boa parte do código do Fx ainda é do Netscape, coisa que no caso do Chrome, nasceu do zero, e com uma web totalmente diferente da que existia na época do NS :)

    Outra coisa que ainda ferra o Fx (na verdade a culpa não é dele, mas acabam atribuindo), são as extensões! Muitas delas são realmente pesadas e que acabam deixando o browser sem ter como “esvaziar” a memória! E é até por isso que a Mozilla esta investindo bastante no Addons SDK (https://addons.mozilla.org/en-US/developers/builder), pois com ele, o Fx pode ter mais controle da extensão, ja que no modelo “antigo”, a extensão conversa direto com o core do browser e não com uma interface intermediária, como é o caso no SDK.

    E outra coisa que eu sempre vejo que da problema, é o flash! Não sei se é o plugin em si ou se é a conversa do Fx com o plugin!

    Mas qualquer duvida que vc tiver, me avisa, se eu puder ajudar :)

    [ ]’s

    https://wiki.mozilla.org/User:Clauber.halic

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *