Convencendo os usuários a esquecer o IE



Como o último post sobre a Microsoft foi muitíssimo polêmico, vou colocar um pouco mais de lenha na fogueira: apresento a vocês um plugin de Jquery para convencer os usuários a abandonarem o IE. Quem desenvolveu o plugin foi o pessoal do CSS Lab, o que justifica o nome “KillIE”, já que a esse navegador faz pior a vida de todos os htmlers e css’ers.

Indo um pouco na onda do que a Microsoft fez no Hotmail para o Chrome, o plugin exibe uma mensagem no alto da página, recomendando o uso de um outro navegador.

A versão original do plugin traz o texto “You’re using Internet Explorer 6, which is a terrible browser. Why don’t you try Firefox?”, mas você pode configurar outro texto, e se quer que ele apareça para o IE6 ou o IE7, e o navegador que deseja recomendar.

Exemplo do KillIE em funcionamento no IE6

Utilizar o plugin, é ainda mais fácil do que falar mal do IE, basta invocar o Jquery e o plugin:

<script src="jquery.js" type="text/javascript"></script>
<script src="jquery.killIE.js" type="text/javascript"></script>

Baixe aqui o Jquery e o KillIE

Depois, invoque o código do KillIE:

$(document).ready(function(){
$().killIE();
});

Para ver funcionando, entre aqui com o IE6.

Mas agora, depois que você já aprendeu a instalar o plugin, um lembrete: (deixando um pouco meu lado “interfacer” (amador) de lado, e falando como defensora do usuário que preciso ser) esse tipo de medida é arbitrária, e desaconselhável na maioria das vezes. Obrigar o usuário a conviver com uma mensagem amarela horrorosa, falando que o navegador dele é “terrível”, é uma atitude tão ruim quanto as que a Microsoft costuma tomar. Na verdade, parte do nosso trabalho é fazer as coisas boas para todo mundo, mesmo pra quem usa o famigerado IE6 ;)

Boa sexta-feira pra todo mundo!

6 thoughts on “Convencendo os usuários a esquecer o IE

  1. Obrigado por dedicar umas linhas ao meu novo plugin. Quero so aclarar um pouco o meu esforço neste tema. Dados aos anos dedicados ao web development, e cansado de q usuarios continuem usando um browser so porq nao conhecem q existe outro muito melhor… e muitos mais melhores… enfim, eh um tema de ensinar ao usuario q existem outras possibilidades e q nao se assustem em mudar-se. talvez a mensagem nao seja a melhor, mais por isso deixei todos esses parametros customizaveis: estilos css (se nao gostar do quadro amarelo), texto, q outros browsers quer recomendar (firefox, safari, opera ou chrome) e q explorer atingir.

    abraços desde o Chile, e obrigado pelo espaço.

  2. Minha preocupação é que se use isso indiscriminadamente! Concordo que devemos instruir o usuário à uma melhoria no navegador… mas e se o usuário realmente prefere o IE?
    A experiência dele de navegação seria sempre prejudicada em seu site pela mensagem, o que o obrigaria à uma troca arbitrária de navegadores.
    Como arquiteta de informação, preciso pensar no usuário, e defendê-lo de arbitrarismos… mesmo que prejudique o desenvolvimento…
    Abs, Isabela

  3. Concordo quanto à possibilidade da tarja amarela impactar negativamente na experiência do usuário. Talvez uma alternativa seja um link no menu lateral para um artigo onde fossem expostas as vantagens de um navegador alternativo, seja Firefox ou outro.
    Outra coisa é que o uso de uma barra no topo vem aumentando com publicidade, logo é possível que o leitor “filtre” sem sequer examinar o que diz.

  4. Com certeza é uma excelente idéia, mas a barra no topo da página, não é uma boa Opção, ao meu ver. Acredito que existem outros usuários, como eu que foca o Olhar no centro da página, e esta barra fica invisível.

    Fiz o teste, sem ler o artigo por completo e não vi nada, uma vez q nao sabia q a “barra” estava no topo da página. Só depois de ler todo o artigo é que fui perceber que a mesma estava no alto e bem “Discreta”.

  5. Eu acho que cada usuário pode ( e deve ) usar o navegador que desejar. Mas também acho que devemos mostrar as “vantagens” de certos navegadores, e não as desvantagens dos outros, assim você convence um usuário a mudar de navegador por uma coisa positiva, ao contrário de algo negativo.
    Abraços

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *